Monthly Archives: January 2008

Vencedores dos Globos de Ouro

Os vencedores dos Globos de Ouro foram anunciados ontem à noite numa conferência de imprensa. Este ano não desfilaram estrelas na passadeira vermelha e os galardões terão de ser enviados por correio aos 25 vencedores.

Os filmes premiados nas categorias de drama foram Atonement como melhor filme, Daniel Day-Lewis como melhor actor e Julie Christie como melhor actriz. O musical de Tim Burton, Sweeney Todd, foi galardoado com o prémio de melhor comédia ou musical e o actor principal deste filme, Johnny Depp, recebeu o prémio de melhor actor neste género. Marion Cotillard foi considerada a melhor actriz numa comédia ou musical, pela sua interpretação de Edith Piaf no filme La Môme. O galardão para melhor realizador foi para Julian Schnabel.

Quanto aos prémios para as melhores séries de televisão, os vencedores foram Extras e Mad Men, que também arrecadou o prémio de melhor actor numa série de drama pelo desempenho do actor Jon Hamm. Devo confessar que fiquei satisfeita por David Duchovny ter ganho o prémio de melhor actor numa série de comédia ou musical, pela sua participação na série Californication. Tina Fey foi considerada a melhor actriz numa série de comédia ou musical e Glenn Close é a melhor actriz numa série dramática.

Sia: Música para 2008

Sia FurlerSia Kate Isobelle Furler, mais conhecida simplesmente por Sia, entrou na minha vida ontem. Na realidade já  tinha ouvido a sua voz inúmeras vezes, escondida por detrás dos Zero 7, mas foi apenas ontem que ouvi um álbum a solo desta cantora Australiana e rapidamente me rendi ao seu encanto.
Sia colaborou com os Zero 7 em várias músicas como Distractions e Destiny, dois dos grandes êxitos desta dupla inglesa. No ultimo álbum de Henry Binns e Sam Hardaker, lançado em Maio de 2006, intitulado The Garden, Sia participa em 6 das 14 músicas do álbum: Throw it all away, Pageant Of The Bizarre, You’re My Flame, This Fine Social Scene, If I Can’t Have You e Waiting to Die.
A Australiana tem 4 álbuns a solo: Only See (1997), Healing Is Difficult (2000), Colour the Small One (2004) e Some People Have Real Problems (2008). O seu álbum mais recente foi lançado este mês e foi o álbum que tive oportunidade de ouvir. Fiquei deliciada com esta obra prima, principalmente com a música Soon We’ll Be Found na qual transparece o estilo folk/pop/acid-jazz de Sia.
Breathe é a música mais conhecida de Sia devido a sua inclusão na banda sonora da afamada série da HBO, Sete Palmos de Terra (Six Feet Under).

Aqui ficam, para quem ainda não conhece Sia Furler, o vídeo da sua música mais recente e também do seu grande êxito a solo Breathe after the break.

Continue reading

Greve dos Argumentistas provoca cancelamento dos Globos de Ouro

A greve dos argumentistas faz mais uma vítima. A pressão do Writers Guild of America provocou o boicote aos Globos de Ouro, cerimónia que estava prevista para este Domingo. A Associação de Jornalistas Estrangeiros em Hollywood, responsável pela organização dos Globos de Ouro, anunciou ontem que a 65º gala será substituída por uma conferência de imprensa na qual serão anunciados os vencedores das 25 categorias.

A conferência de imprensa terá lugar no Hilton de Beverly Hills, no dia em que estava previsto decorrer a gala. Será transmitida em directo pela NBC, a  estação de televisão que detém os direitos de transmissão do espectáculo, por volta das 6 horas (PST). O tradicional jantar desta entrega de prémios também foi cancelado.

A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood foi obrigada a ceder após o sindicato dos argumentistas, o Writers Guild of America (WGA), ter ameaçado colocar piquetes à entrada do Hotel onde decorreria a cerimónia. Muitos dos actores que deveriam participar na cerimónia dos Globos de Ouro mostraram-se solidários com os argumentistas e o ScreenActors Guild (SAG), anunciou que os seus membros não iriam furar os piquetes de greve do WGA.

A organização dos Globos de Ouro ainda tentou, sem êxito, negociar com o sindicato dos argumentistas para que a cerimónia se pudesse realizar. Num comunicado Jorge Camara, presidente da Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood, lamentou o sucedido: “Estamos muito desapontados com o facto de a nossa cerimónia tradicional não se realizar este ano e que milhões de telespectadores por todo o mundo sejam privados de ver os seus artistas favoritos”.

A cerimónia dos Globos de Ouro é considerada como uma espécie de antecipação para a grande noite dos Oscars, que está prevista para o dia 24 de Fevereiro, e o facto desta ter sido cancelada deixa no ar a dúvida: será que os Oscars também correm o risco de serem cancelados?

As nomeações dos Globos de Ouro after the break.

Continue reading