Monthly Archives: July 2008

Desporto em Portugal é sinónimo de Futebol


Capa do Record

Capa d'A Bola

Capa d'A Bola

Sempre me questionei sobre o porquê da imprensa portuguesa dar um excessivo relevo ao futebol e esquecer completamente os outros desportos. No entanto há coisas que ultrapassam os limites: hoje, dia 15 de Julho de 2008, nas capas dos principais jornais de desporto portugueses, nem uma referencia à Tour de France (apesar de alguns jornais generalistas darem grande relevo a este evento).

A Volta a França está para o ciclismo como o Euro para o futebol, sendo o mais prestigiado dos três grandes Tours do ciclismo Europeu (os outros são o Giro d’Italia e a Vuelta a España). Apesar disso os jornais desportivos portugueses estão mais interessados na circulação de milhões de euros que as contratações geram e na vida privada de Cardozo.

No entanto confesso que esta atitude não me causa grande espanto, pois, estes mesmos jornais desportivos, relegaram para segundo plano a final do Euro 2008, visto que a histeria patriótica desvaneceu-se a partir do momento que a selecção portuguesa foi eliminada. Nem o simples gosto pelo futebol fez com que houvesse mais do que miseras chamadas de capa.

O único jornal português que conheço, que dá a devida importância a outros desportos, é o Diário de Notícias da Madeira, onde, na secção de desporto, encontra-se tanto notícias sobre futebol, como notícias sobre xadrez, snooker, golfe, ténis, natação, etc. É de louvar esta atitude, que promove a cultura desportiva e exclui notícias desportivas de fait-diver.

Empresa Japonesa realiza casamentos no espaço por 2.3 milhões de dólares

Alianças

Casamento na praia, ao luar…já era! A empresa japonesa de eventos First Advantage abriu, na terça-feira, as reservas para um novo serviço: os casamentos no espaço.

Os primeiros casamentos ocorrerão em 2011, a 100 quilómetros da superfície da Terra. Por 2.3 milhões de dólares os noivos poderão casar a bordo do Rocketplane XP, uma nave desenvolvida pela Rocketplane, e ainda podem levar dois convidados. As cerimónias durarão 60 minutos.

No entanto, para fazer a viagem espacial o casal, os convidados e até o padre têm de participar num treino intensivo de quatro dias. Apesar de não haver limite de idade é pré-requisito que todos passem por um rigoroso exame médico, pois é vital que estejam em bom estado de saúde.

O preço também inclui o vestido de noiva, a deslocação até Oklahoma (de onde a nave irá descolar), o copo de água na Terra e transmissão em directo da cerimónia, para os convidados.

No dia em que as inscrições abriram, a First Advantage recebeu cerca de 15 consultas sobre o serviço, a maioria feita por homens.

Testamento: Magnata nova-iorquina deixou a sua fortuna para os cães

Madame Adelaide Bonfamille, Os AristogatosA ficção confunde-se com a realidade quando, tal como no clássico da Disney Os Aristogatos, uma milionária quer deixar parte da sua fortuna para o seu animal de estimação. A nova-iorquina Leona Helmsley, magnata do mercado imobiliário e do ramo hoteleiro, morreu a quatro de Julho do ano passado e deixou em testamento 12 milhões de dólares para o seu cão Trouble.

O que ainda não se sabia é que isto não é nada comparando com a fortuna que Helmsley deixou num fundo de caridade para cães. São entre cinco mil milhões e oito mil milhões de dólares, adiantou ontem o New York Times.

Leona Helmsley tencionava deixar parte da fortuna para as pessoas carenciadas, mas um ano depois alterou o testamento. A magnata deixou assim a cargo dos gestores da sua fortuna a distribuição sensata da herança, para beneficiarem apenas os cães. Também o pobre Trouble foi lesado, pois o tribunal de Nova Iorque diminuiu a sua herança para dois milhões, por considerar que Leona não tinha sanidade mental quando tomou esta decisão.

Um porta-voz dos gestores do património de Leona Helmsley recusou-se a prestar declarações sobre este assunto, porque ainda estão a tentar determinar o que fazer à herança.