Diz que é uma espécie de adeus…do magazine

Apesar de serem líderes de audiências ao Domingo à noite, os Gato Fedorento decidiram acabar com o Diz que é uma Espécie de Magazine, por tempo indeterminado. Findo o contrato com a RTP os “gatos” não o renovarão. A sua presença no canal público terá o seu fim com um espectáculo especial de fim de ano.

A razão para um final abrupto é simples: desde que migraram da SIC Radical para a RTP o trabalho tornou-se mais pesado e exigente. Fazer um programa de 40 minutos com uma frequência semanal, em horário nobre torna-se complicado, especialmente quando o trabalho é todo feito por quatro “gatos pingados” que escrevem, representam, apresentam… Além do mais, diz que desenterrar pérolas, nos arquivos poeirentos da RTP, demora o seu tempo e requer paciência.

Este desgaste dos “gatos” reflecte-se em programas menos iluminados e num ligeiro declínio na qualidade, à qual estávamos habituados. Eles próprios confessam que muitas vezes queriam fazer melhor, mas acabam por apenas conseguir fazer o humanamente possível. Diz o povo que a pressa é inimiga da perfeição (mesmo para gatos!).

Esta pausa vai permitir que cada um dos “gatos” possa experimentar coisas novas e evoluir individualmente (prática corrente das boys-band). Ficamos assim à espera de novos projectos dos “gatos”…ou do Ricardo Araújo Pereira, do Miguel Góis, do Tiago Dores, do Diogo Quintela individualmente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *