Eu sou uma vítima da greve dos argumentistas

Pela primeira vez, em 20 anos, o Sindicato de Guionistas Americanos (Writers Guild of America) iniciou uma greve. Confesso que, em 1988, a última greve não me afectou, visto que não impediu a transmissão do “Meu pequeno pónei”. No entanto, desta vez, apesar de estar solidária com a causa dos guionistas, estou em desespero porque as séries que acompanho religiosamente (Heroes, Criminal Minds e My Name is Earl), correm o risco de ser interrompidas por tempo indeterminado.

“Revelations”, a segunda season de Heroes, acabou segunda-feira passada de forma abrupta completando apenas 11 episódios o que deixou alguns dos fãs da série decepcionados, incluindo eu. Na minha opinião a segunda season ficou muito aquém da qualidade da primeira, no entanto o final reservava algumas surpresas. Agora estou muito perto de ficar também sem Criminal Minds e My Name is Earl.

O Sindicato de Guionistas Americanos está, desde Julho deste ano, a reivindicar uma série de direitos junto dos Produtores de Televisão e Cinema (Alliance of Motion Picture and Television Producers). Em discussão está o pagamento, aos argumentistas, dos direitos de autor pela emissão nos novos canais de distribuição: a Internet, os telemóveis, os DVD, etc. A verdade é que as estações de Televisão estão a facturar mais, graças às novas tecnologias, do que facturam apenas com a transmissão televisiva, e desses lucros os argumentistas recebem zero.

É legítimo que os argumentistas reclamem o direito a estes lucros “extra”, porque eles são os grandes responsáveis pelo sucesso das séries e dos filmes. Se o filme não tiver um bom enredo, pode ter os melhores actores do mundo, mas dificilmente terá sucesso. Resumindo: sem os argumentistas não há boas séries, nem bons filmes. Por isso aqui vai o meu apelo a todas as redes televisivas e produtoras: Por favor, dêem-lhes o que eles pedem.

Entre os argumentistas que se encontram em greve estão:

– Greg Daniels (The Office)

– Tim Kring (Heroes)

– David Shore (House)

– Edward Allen Bernero (Criminal Minds)

– Carlton Cuse e Damon Lindelof (Lost)

– Bobby Bowman e Gregory Garcia (My Name is Earl)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.