Greve dos Argumentistas provoca cancelamento dos Globos de Ouro

A greve dos argumentistas faz mais uma vítima. A pressão do Writers Guild of America provocou o boicote aos Globos de Ouro, cerimónia que estava prevista para este Domingo. A Associação de Jornalistas Estrangeiros em Hollywood, responsável pela organização dos Globos de Ouro, anunciou ontem que a 65º gala será substituída por uma conferência de imprensa na qual serão anunciados os vencedores das 25 categorias.

A conferência de imprensa terá lugar no Hilton de Beverly Hills, no dia em que estava previsto decorrer a gala. Será transmitida em directo pela NBC, a  estação de televisão que detém os direitos de transmissão do espectáculo, por volta das 6 horas (PST). O tradicional jantar desta entrega de prémios também foi cancelado.

A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood foi obrigada a ceder após o sindicato dos argumentistas, o Writers Guild of America (WGA), ter ameaçado colocar piquetes à entrada do Hotel onde decorreria a cerimónia. Muitos dos actores que deveriam participar na cerimónia dos Globos de Ouro mostraram-se solidários com os argumentistas e o ScreenActors Guild (SAG), anunciou que os seus membros não iriam furar os piquetes de greve do WGA.

A organização dos Globos de Ouro ainda tentou, sem êxito, negociar com o sindicato dos argumentistas para que a cerimónia se pudesse realizar. Num comunicado Jorge Camara, presidente da Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood, lamentou o sucedido: “Estamos muito desapontados com o facto de a nossa cerimónia tradicional não se realizar este ano e que milhões de telespectadores por todo o mundo sejam privados de ver os seus artistas favoritos”.

A cerimónia dos Globos de Ouro é considerada como uma espécie de antecipação para a grande noite dos Oscars, que está prevista para o dia 24 de Fevereiro, e o facto desta ter sido cancelada deixa no ar a dúvida: será que os Oscars também correm o risco de serem cancelados?

As nomeações dos Globos de Ouro after the break.


O líder de nomeações dos Globos de Ouro deste ano é o filme Atonement do realizador Joe Wright, que arrecadou sete nomeações: melhor filme dramático; melhor actriz, pela prestação de Keira Knightley; melhor actor, pela prestação de James McAvoy; melhor actriz secundária, pela prestação de Saoirse Ronan; melhor realizador; melhor argumento e também melhor banda sonora original.

Na corrida para o troféu de melhor realizador, Joe Wright tem adversários de peso como Tim Burton, que concorre com o filme Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street, e Ridley Scott com American Gangster. Também está nomeada a dupla Ethan Coen e Joel Coen com o filme No Country For Old Men e Julian Schnabel com The Diving Bell And The Butterfly. Bee Movie, Ratatouille e The Simpsons Movie são os nomeados para melhor filme de animação

O realizador Steven Spielberg será galardoado com o prémio carreira Cecil B. DeMille.

O prémio para a melhor série dramática será entregue a Grey’s Anatomy, House, Mad Men, The Tudors, Big Love ou a Damages. Na corrida para o prémio de melhor serie musical ou de comédia estão: 30 Rock, Entourage, Extras, Pushing Daisies e Californication. Este último também tem nomeado o actor David Duchovny como melhor actor de comédia, que é o meu preferido nesta categoria.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *