Tag Archives: imprensa

Arons de Carvalho: Benfica está a violar o direito à informação

A novela Benfica versus Lusa continua e agora com Arons de Carvalho metido ao barulho. O deputado socialista manifestou-se em relação ao assunto dizendo que o Benfica está a violar direito de acesso às fontes de informação, impedindo que a Lusa tenha acesso às suas instalações.

O antigo secretário de Estado para a Comunicação Social afirma que a atitude do Benfica é um “crime punível com até um ano de prisão” e que existem três entidades que já deviam ter actuado: a Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), a PSP e os próprios jornalistas. “Espanta-me também os jornalistas que participam nas conferências de imprensa, de onde um dos seus colegas foi excluído, sem qualquer gesto de solidariedade em relação a ele”, acrescentou Arons de Carvalho.

Parece-me a ERC e a PSP não vão tentar resolver esta guerra entre o Benfica e a Lusa, a menos que sejam obrigadas. Os jornalistas, visto que Arons de Carvalho esqueceu-se de contemplar a “solidariedade” no Código Deontológico do jornalista, vão continuar a assistir as conferências do clube encarnado e a vender jornais à custa da desgraça da Lusa.

Desporto em Portugal é sinónimo de Futebol


Capa do Record

Capa d'A Bola

Capa d'A Bola

Sempre me questionei sobre o porquê da imprensa portuguesa dar um excessivo relevo ao futebol e esquecer completamente os outros desportos. No entanto há coisas que ultrapassam os limites: hoje, dia 15 de Julho de 2008, nas capas dos principais jornais de desporto portugueses, nem uma referencia à Tour de France (apesar de alguns jornais generalistas darem grande relevo a este evento).

A Volta a França está para o ciclismo como o Euro para o futebol, sendo o mais prestigiado dos três grandes Tours do ciclismo Europeu (os outros são o Giro d’Italia e a Vuelta a España). Apesar disso os jornais desportivos portugueses estão mais interessados na circulação de milhões de euros que as contratações geram e na vida privada de Cardozo.

No entanto confesso que esta atitude não me causa grande espanto, pois, estes mesmos jornais desportivos, relegaram para segundo plano a final do Euro 2008, visto que a histeria patriótica desvaneceu-se a partir do momento que a selecção portuguesa foi eliminada. Nem o simples gosto pelo futebol fez com que houvesse mais do que miseras chamadas de capa.

O único jornal português que conheço, que dá a devida importância a outros desportos, é o Diário de Notícias da Madeira, onde, na secção de desporto, encontra-se tanto notícias sobre futebol, como notícias sobre xadrez, snooker, golfe, ténis, natação, etc. É de louvar esta atitude, que promove a cultura desportiva e exclui notícias desportivas de fait-diver.

Miley Cyrus na Vanity Fair – A maldade está nos olhos de quem a vê

Miley na Vanity FairA jovem actriz e cantora Miley Cyrus , estrela da serie do Disney Channel Hannah Montana, protagonizou uma sessão fotográfica para a edição de Junho da revista Vanity Fair que  está a causar grande polémica. As fotografias foram tiradas pela famosa Annie Leibovitz.

O suposto problema é uma fotografia em que a actriz de 15 anos aparece enrolada num lençol de cetim com as costas desnudas. Apesar da sessão fotográfica ter decorrido em Fevereiro só agora a bomba caiu porque a fotografia começou a circular na Internet e a ser tema de muitos blogs.

A Disney ficou incomodada com a fotografia alegadamente pelo facto de Miley ser um exemplo para muitas adolescentes, que assistem à serie do canal infanto-juvenil. Não é por acaso que a jovem foi considerada pela Time uma das personalidades mais influentes de 2008. Dias depois da  polémica despontar Miley pediu desculpas publicamente aos seus fãs, como a Disney aconselhou, afirmando que está muito envergonhada.

É espantoso como uma bonita fotografia pode ter este efeito. Quando vejo a fotografia de Miley Cyrus não vejo uma fotografia erótica, vejo apenas uma miúda de 15 anos com toda a sua inocência. Por causa desta polémica até Hugh Hefner já convidou a jovem para posar para a Playboy quando ela fizer 18 anos.

Este alarido todo reflecte o que a sociedade americana realmente é: ultra-conservadora e mal intencionada, pois na verdade a maldade está nos olhos de quem a vê e não nesta jovem.