Tag Archives: séries

Reveille Productions e Brillstein Entertainment fazem série de televisão baseada no Twitter

twitter-logoAs produtoras Reveille Productions (“The Office”) e Brillstein Entertainment (“The Sopranos”) juntaram-se ao Twitter para fazer uma série de televisão baseada nos posts de 140 caracteres deste fenómeno do microbloging. O projecto foi anunciado pelas duas produtoras na Segunda-feira.

O programa terá o formato de um reality show, uma vez que não haverá um argumento fixo, e contará com utilizadores anónimos e celebridades. Segundo os produtores a série irá “colocar pessoas comuns a seguir celebridades num formato bastante competitivo” e confessam que encontraram uma “forma de trazer para a televisão a eminência do Twitter”.

O conceito da série foi desenvolvido pela escritora Amy Ephron, autora do bestseller “A Cup of Tea: A Novel of 1917”, que também será produtora executiva juntamente com Mark Koops e Howard T. Owens da Reveille, Jon Liebman e Lee Kernis da Brillstein, Kevin Foxe e Steve Latham.

Não foram disponibilizados mais detalhes sobre o formato da série ou quando esta orá para o ar.

Estou curiosa para saber quem fará de Sockington nesta nova série sobre o Twitter. O gato Sockington, é um dos mais famosos twitterers, tendo 554,644 followers, e em breve poderá destronar a Lassie do seu título de animal mais popular da televisão.

Greve dos Argumentistas provoca cancelamento dos Globos de Ouro

A greve dos argumentistas faz mais uma vítima. A pressão do Writers Guild of America provocou o boicote aos Globos de Ouro, cerimónia que estava prevista para este Domingo. A Associação de Jornalistas Estrangeiros em Hollywood, responsável pela organização dos Globos de Ouro, anunciou ontem que a 65º gala será substituída por uma conferência de imprensa na qual serão anunciados os vencedores das 25 categorias.

A conferência de imprensa terá lugar no Hilton de Beverly Hills, no dia em que estava previsto decorrer a gala. Será transmitida em directo pela NBC, a  estação de televisão que detém os direitos de transmissão do espectáculo, por volta das 6 horas (PST). O tradicional jantar desta entrega de prémios também foi cancelado.

A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood foi obrigada a ceder após o sindicato dos argumentistas, o Writers Guild of America (WGA), ter ameaçado colocar piquetes à entrada do Hotel onde decorreria a cerimónia. Muitos dos actores que deveriam participar na cerimónia dos Globos de Ouro mostraram-se solidários com os argumentistas e o ScreenActors Guild (SAG), anunciou que os seus membros não iriam furar os piquetes de greve do WGA.

A organização dos Globos de Ouro ainda tentou, sem êxito, negociar com o sindicato dos argumentistas para que a cerimónia se pudesse realizar. Num comunicado Jorge Camara, presidente da Associação de Imprensa Estrangeira em Hollywood, lamentou o sucedido: “Estamos muito desapontados com o facto de a nossa cerimónia tradicional não se realizar este ano e que milhões de telespectadores por todo o mundo sejam privados de ver os seus artistas favoritos”.

A cerimónia dos Globos de Ouro é considerada como uma espécie de antecipação para a grande noite dos Oscars, que está prevista para o dia 24 de Fevereiro, e o facto desta ter sido cancelada deixa no ar a dúvida: será que os Oscars também correm o risco de serem cancelados?

As nomeações dos Globos de Ouro after the break.

Continue reading

Eu sou uma vítima da greve dos argumentistas

Pela primeira vez, em 20 anos, o Sindicato de Guionistas Americanos (Writers Guild of America) iniciou uma greve. Confesso que, em 1988, a última greve não me afectou, visto que não impediu a transmissão do “Meu pequeno pónei”. No entanto, desta vez, apesar de estar solidária com a causa dos guionistas, estou em desespero porque as séries que acompanho religiosamente (Heroes, Criminal Minds e My Name is Earl), correm o risco de ser interrompidas por tempo indeterminado.

Continue reading